MASP

Candido Portinari

Colheita de feijão, 1957

  • Autor:
    Candido Portinari
  • Dados biográficos:
    Brodowski, São Paulo, Brasil, 1903-Rio de Janeiro, Brasil ,1962
  • Título:
    Colheita de feijão
  • Data da obra:
    1957
  • Técnica:
    Óleo sobre tela
  • Dimensões:
    140 x 180 cm
  • Aquisição:
    Comodato MASP B3 – BRASIL, BOLSA, BALCÃO, em homenagem aos ex-conselheiros da BM&F e BOVESPA
  • Designação:
    Pintura
  • Número de inventário:
    C.01215
  • Créditos da fotografia:
    MASP

TEXTOS



As pinturas de Candido Portinari orientaram-se progressivamente para a geometrização dos contornos da paisagem e dos corpos representados. Em Colheita de feijão (1957), o artista estilizou os personagens e o espaço simultaneamente, sobrepondo à cena uma grade bem definida que parece controlar toda a composição. Nesta pintura, a trama de verticais e horizontais do terreiro de secagem do feijão passa para os corpos e vestes, criando um movimento conjunto entre os trabalhadores e o solo, tudo pintado em tons de cinza, verde e marrom. Notam-se as texturas e os destaques cromáticos em alguns elementos — como um chapéu, uma blusa, e uma toca — nas vestes dos homens que trabalham na secagem, e nas mulheres que fazem a catação utilizando-se de instrumentos. Essa divisão bem demarcada entre gêneros pode simbolizar uma divisão do trabalho: ao homem caberiam as atividades que exigem força física, e, à mulher, a atenção e a minúcia. Curiosamente, os animais, tanto nesta tela como em seu par, Colheita de arroz (1957), assistem à cena em uma posição contemplativa. Ademais, essas duas telas, compostas como uma dupla, conjugam também os dois ingredientes básicos da alimentação dos brasileiros, revelando a intenção de Portinari em compor uma representação moderna das tradições e da identidade nacional.

— Guilherme Giufrida, assistente curatorial, MASP, 2018


Fonte: Adriano Pedrosa, Guilherme Giufrida, Olivia Ardui (orgs.), Da Bolsa ao Museu – comodato MASP B3: arte no Brasil, séculos 19 e 20, São Paulo: MASP, 2018.



Pesquise
no Acervo

Filtre sua busca