MASP

Mikhail Larionov

Dois cavaleiros, 1910

  • Autor:
    Mikhail Larionov
  • Dados biográficos:
    Tiraspol, Moldávia, 1881-Paris, França ,1964
  • Título:
    Dois cavaleiros
  • Data da obra:
    1910
  • Técnica:
    Óleo sobre tela
  • Dimensões:
    50,2 x 69,3 x 2 cm
  • Aquisição:
    Doação Casal Gregori Warchavchik, 1951
  • Designação:
    Pintura
  • Número de inventário:
    MASP.00145
  • Créditos da fotografia:
    João Musa

TEXTOS


Por Luciano Migliaccio
Pintado talvez no início de seu serviço militar (outubro de 1910), o quadro Dois Cavaleiros deve estar entre os enviados ao primeiro Salão de Outono de Berlim, de 1913, organizado pelo diretor da revista de vanguarda Der Sturm, Herwarth Walden, que foi o primeiro dono da obra. O quadro documenta um momento do percurso de Larionov em que o artista se encontrava próximo à vanguarda alemã do grupo Der Blaue Reiter. Como em uma outra obra, La Salve, citado por Franz Marc em carta a Kandinsky como exemplo de reelaboração das figurações de crianças, a obra do Masp é de linguagem provocadoramente infantil. Um cavaleiro em uma pose similar é representado pelo pintor em um quadro de 1912, na Tate Gallery de Londres, inspirado em uma gravura de um herói popular russo, Lazarevich (Parton 1993, p. 83).

— Luciano Migliaccio, 1998


Fonte: Luiz Marques (org.), Catálogo do Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand, São Paulo: MASP, 1998. (reedição, 2008).



Pesquise
no Acervo

Filtre sua busca