MASP

Jean Crotti

Figura feminina, 1943

  • Autor:
    Jean Crotti
  • Dados biográficos:
    Bulle, Suíça, 1878-Paris, França ,1958
  • Título:
    Figura feminina
  • Data da obra:
    1943
  • Técnica:
    Mosaico de vidros coloridos (gemmeau)
  • Dimensões:
    82 x 64 x 2,7 cm
  • Aquisição:
    Doação Marjorie e Jorge Prado, 1948
  • Designação:
    Assemblage
  • Número de inventário:
    MASP.00139
  • Créditos da fotografia:
    João Musa

TEXTOS


Por Luciano Migliaccio
A palavra gemmaux indica a técnica ideada por Crotti por volta de 1925. Os gemmaux consistem em uma justaposição de vidros coloridos, às vezes superpostos, e colados uns aos outros. Trata-se de um espesso mosaico de vidro emoldurado. Em 1937, na Exposition des Maîtres Indépendants, no Petit Palais, em Paris, Crotti organizou uma série de projeções públicas com gemmaux e alcançou tal sucesso que decidiu aperfeiçoar a técnica, expondo os painéis em visão direta, iluminados com luzes fluorescentes. Ofereceu em seguida a Picasso a transposição em gemmaux de uma de suas telas, La Femme à la Chaise. O mestre espanhol encomendou outra obra similar, e transposições semelhantes foram feitas também de obras de Braque, Rouault e Matisse. Desde 1945, ajudado pelo técnico Roger Malherbe, Crotti aperfeiçoou o processo de colagem e de iluminação, organizou exposições e um ateliê. Picasso e Braque aceitaram que suas obras fossem reproduzidas com a nova técnica, e também o metrô de Paris encomendou diversos gemmaux para a luxuosa estação Roosevelt. Cocteau desenhou alguns cartões para Crotti reproduzi-los em gemmaux. Figura Feminina foi doada ao Masp pelos proprietários da firma Cristais Prado de São Paulo.

— Luciano Migliaccio, 1998


Fonte: Luiz Marques (org.), Catálogo do Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand, São Paulo: MASP, 1998. (reedição, 2008).



Pesquise
no Acervo

Filtre sua busca